fbpx

This Little Room

Quarto de Criança
This Little Room

This Little Room

4 Dicas a ter em conta na mudança de quarto do irmão mais velho!

É um dos motivos porque muitos pais pedem a nossa ajuda: Há um novo bebé a caminho e 2 quartinhos para organizar e decorar.

Como a maioria das casas não tem assim tantas divisões disponíveis, Isso implica, a maioria das vezes, que uma das divisões da casa mude de funções. O escritório é, quase sempre o «sacrificado»…

Quando o mano/ mana mais crescido/crescida muda de quarto, há várias questões a ter em conta.

É uma fase tão entusiasmante como delicada, com muitas transformações na vida familiar e da criança. Os pais querem que o filhote associe sempre a chegada do bebé a mudanças boas e daí a intenção de lhe dar um quarto novo, de acordo com a sua idade, gostos e necessidades.

No caso da idade fazer com que esta mudança coincida com a oportunidade para que a criança mais crescida passe do seu primeiro quarto, o de bebé, será a primeira oportunidade de criar um quarto de raiz que terá em conta os seus gostos próprios (e não apenas o dos papás).

O que temos não podemos deixar de ter em conta:

Elementos de transição

Elementos com os quais a criança já se identifique. Ao pensarmos num quarto novo, devemos sempre conseguir incluir alguns elementos decorativos que façam parte do que a criança sente como seu «refúgio». Isto pode representar incluir desde algumas almofadas das quais a criança goste, a algum tipo de iluminação, Ilustrações, ou mesmo um tapete ou uma peça de mobiliário.

Isto também por ser um condicionante para as novas escolhas. Ter que integrar elementos já existentes estará na base das novas escolhas, estando na origem tanto da escolha de cores, até ao mobiliário. Tudo deverá funcionar em perfeito equilíbrio. E criar um quarto novo e diferente, com alguns elementos que não são completamente desconhecidos à criança.

Depois é fazer uma triagem de brinquedos e outros elementos com os quais a criança brinque, nesta fase e completar o quarto com tudo isto, dando-lhe um novo cenário.

É muito compensador acompanhar a reação das crianças quando entram no seu novo quarto, pela primeira vez.

Gostos pessoais

Quando projetamos o quarto para um bebé, gerimos apenas os gostos e ideias dos pais. Depois de nascer e à medida que o bebé vai crescendo, este vai adicionando detalhes da sua personalidade ao ambiente, quer seja pelos brinquedos de que gosta, cores, ou mesmo pelas suas atividades e/ou desportos preferidos.

Se a criança tem muitos brinquedos, o quarto necessita de um tipo de arrumação, se pratica vários desportos e tem elementos que precisa de ter arrumados, mas disponíveis, ou até mesmo se gosta muito de instrumentos musicais…se tem muitos livros e adora ter os seus livros à mão…

Tudo isto deverá ser tido em conta no planeamento do seu novo quarto. E se for possível, gostamos sempre de ouvir também a criança, para além dos pais. São sempre conversas revigorantes. 😊

Adequar o ambiente à idade

Está é uma questão que está sempre na base de qualquer projeto que começamos e não poderia deixar de ser tida em conta aqui.

Após os 2 anos, e pensando numa fase até à idade escolar, a criança já tem também necessidades diferentes das que tinha quando ainda não andava e não se apoderava do seu próprio espaço.

Nesta fase já precisará de uma cama maior, provavelmente de uma mesa de atividades, ou secretária e a arrumação escolhida já terá que ser pensada de acordo com o que mais faz sentido para si e para o seu dia a dia.

Tendo um bebé e uma criança, com idades distintas, em quartos diferentes, este objetivo é muito mais fácil de conseguir. No caso dos quartos partilhados por crianças de idades diferentes, será sempre um desafio maior gerir o tipo de atividades e necessidades que cada 1 tem, em fases diferentes.

Deixar «espaço» para incluir o mano bebé

O que isto significa? Que muitas das vezes a criança quer que o bebé também pertença ao seu novo espaço.  Apesar daquele ser o seu espaço, o bebé irá chegar à família, crescer e sabemos  que vai querer ir fazer «visitas» ao quarto do mano ou da mana mais velha.  Porque não criar um espaço de lazer com pequenos colchões de chão e almofadas que comece por se chamar «cantinho dos irmãos»? Ou mesmo pensar numa cama dupla, para que estes possam mais tarde partilhar o quarto, se quiserem.

Tire partido da decoração para fazer este tipo de «brincadeira», tudo o que ajude a tornar ainda mais bonita esta fase de mudança e crescimento da família.

E se as nossas dicas não forem suficientes, entre em contacto connosco para podermos ser nós a criar o seu projeto.

Partilha Este artigo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Projecto This Little Room

Miriam Sequeira

Ceo & Content Creator

Arquiteta de formação, decidiu alargar a sua área de intervenção com formação extra em decoração interiores, uma paixão pessoal.
Em 2015 abriu a  «This Little Room», sendo cofundadora do primeiro atelier português dedicado exclusivamente a projectos de espaços infantis.

Miriam Sequeira

Os Meus Favoritos
Shop This Little Room

Visite a nossa Loja

Para a Sua Casa

Visita a Nossa Loja Online

error: Content is protected !!

Junte-se a nós, e receba todas as novidades sobre decoração

Assine a nossa Newsletter Semanal!